Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas da Vida

CorrupFut, o novo desporto nacional

O elevado número de adeptos já merece que seja criada esta categoria no desporto nacional. E já dá para fazer competições internacionais. Não há dúvida que os casos de corrupção no futebol português se tornam já uma ofensa ao comum cidadão. Mesmo quem não gosta de futebol consegue ficar ausente de toda esta trapalhada judicial. Principalmente porque se assiste a uma total ineficácia da justiça em punir os autores destas manobras de usurpação de dinheiros alheios. E, quase sempre, os cofres do Estado (que pertencem a todos os cidadãos fartos de ser "castigados" com penalizações por causa do défice) sofrem duramente com as faltas de pagamento dos clubes de futebol.

José Veiga declara-se inocente mas aguçou-me a curiosidade a frase citada no jornal 24 horas: "Se ficar provado que não sou culpado, admito processar o Estado". Se for provado que não sou culpado? Então mas ele não tem a certeza? Enfim, podemos traduzir isto por: "Se eu por milagre me escapar desta..."

Restam ainda os casos "Apito Dourado", "Mateus" e tantos outros que continuam no segredo dos deuses. Mas esperemos que a Justiça seja feita.

Sobre o caso de José Veiga, e claro que, até prova em contrário todos somos inocentes, serão necessários seis anos para que se investigue um caso que envolve a contratação de um jogador? E ainda por cima, pelos vistos, isto só acontece porque houve uma denúncia anónima. O que, pelo que se sabe até ao momento, ou foi feita pelo jogador por se sentir lesado, ou então alguém que suspeita de fuga aos impostos. O que certamente terá acontecido se a transacção foi realizada nos moldes descritos, ou seja, para uma conta pertencente a uma offshore!

Ainda me recordo das afirmações públicas de Vale e Azevedo feitas em jornais e televisões gritando por justiça e jurando que era inocente. Claro que sim...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D